sábado, 28 de abril de 2012

Conheça alguns vermes que podem viver dentro de você


Por Lauro Tozetto
A ingestão de alimentos e água contaminados, frutas e verduras mal lavadas, carnes cruas ou mal cozidas, mãos sujas e objetos contaminados juntamente com a falta de higiene e saneamento básico criam um ambiente muito favorável para o desenvolvimento dos vermes. Conheça agora as principais espécies que podem existir dentro do seu corpo:

Lombriga (Ascaris lumbricoides)
Entra no organismo através de microscópicos ovos, junto com alimentos ou água contaminados. Quando ainda é uma larva, é liberada no intestino delgado penetrando na mucosa e caindo na corrente sanguínea, canal que pode levá-la para diferentes órgãos, principalmente os pulmões. Após sair dos alvéolos pulmonares, é deglutida, voltando para o intestino delgado, para completar seu ciclo e se tornar um verme adulto. Lá se reproduz e libera os filhotes (ovos) junto com as fezes.
Moradia: Intestino delgado

Ancilóstomo
(Ancylostoma duodenale e Necator americanus)

Também conhecida como "amarelão" (a doença do Jeca Tatu), o ancilostoma pode chegar ao organismo através da pele, principalmente pelos pés. Uma vez dentro do corpo, ele usa as veias como meio de transporte e crava seus "dentes" no intestino, alimentando-se de sangue (aproximadamente 20 ml por dia), causando uma grave anemia. O nome popular, amarelão, vem justamente do aspecto que o indivíduo apresenta pela falta de nutrientes. Um dos sintomas mais bizarros que podem surgir é a vontade de comer lama e terra (!).
Moradia: Intestino delgado


Solitária (Taenia solium – carne suína e T. saginata – carne bovina)
Como é hermafrodita, a tênia se autofecunda e libera os ovos pelas fezes. Quando a infecção acontece pelo cisticerco (forma larval do parasita) o quadro é mais grave: o animal viaja pelo corpo e pode se alojar em qualquer lugar, até mesmo no cérebro, causando a neurocisticeircose.

Moradia: Intestino delgado
  • A T. saginata pode atingir até 15 metros de comprimento, o equivalente a um prédio de 5 andares!
Enteróbio ou Óxiurus ( Enterobius vermicularis)
É esse o verme responsável pela oxiurose, verminose que provoca coceira intensa na região anal devido a sua presença. Os ovos entram no corpo via alimentos e água contaminados. Já adultas, as fêmeas migram para o ânus, prontas para liberar seus ovos. Nesta região, eles grudam e provocam coceira muito forte. Ao esfregar, a pessoa espalha os milhares de ovos no ambiente, disseminando e aumentando a probabilidade de recontaminação.
Moradia: Intestino grosso/ânus


Bicho geográfico ( Ancylostoma braziliense e A. caninum)
São vermes que atingem cães e gatos, mas podem parasitar também o homem. Como o homem não é seu "hospedeiro oficial", não consegue se aprofundar no organismo e ficam vagando erraticamente pelas camadas mais superficiais da pele, fazendo linhas parecidas com mapas, dai o porquê de seu nome popular.
Moradia: Pele
  • Esse animal anda de 1 a 2 cm por dia, o tamanho do diâmetro de uma moeda de dez centavos.
Filária (Wuchereria bancrofti) 
Transmitida pela picada de mosquitos do gênero Cullex, esses vermes causam inchaço e rigidez da pele e prejudicam a circulação de sangue, principalmente no abdômen, pés e pernas. Caso não seja tratado, o quadro evolui para elefantíase, situação em que os vasos linfáticos ficam entupidos e os membros inferiores, especialmente, atingem proporções paquidérmicas.

Moradia: Vasos linfáticos
  • O desenvolvimento da elefantíase pode ser evitada com uma boa higiene corporal


Esquistossomo ( Schistossoma mansoni) 
Esse verme se hospeda antes num caramujo, muito comum em rios e lagos, locais também utilizados pelas pessoas para tomar banho e se refrescar. Ao se banhar nesses locais, qualquer pessoa está sujeita à penetração do verme pela pele. O esquistossomo pode causar uma séria reação inflamatória no baço e fígado, dando aquele aspecto de "barriga-d'agua".
Moradia: veias do intestino
  • Acomete de 5 a 6 milhões de brasileiros (3% da população)

 


 

*Texto adaptado da revista Saúde, edição de maio, 2012, "Quais são os vermes mais comuns no corpo humano?"

10 comentários:

  1. o que se faz pra matar a solitaria de vez?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você deve procurar um médico para que ele lhe indique a medicação adequada, não é indicado você se auto-medicar! Para prevenir este verme, você deve cozinhar bem os alimentos, principalmente carnes, e lavar muito bem os alimentos de ingestão crua, como por exemplo os vegetais folhosos que podem conter ovos da Tênia =]

      Excluir
  2. Respostas
    1. kkkk oque queria que vc tivesse uma dessas para ver oque é kkk nao tem graça

      Excluir
  3. Geralmente usa-se um vermifugo chamado pyr pam; próprio para esse tipo de parasita. Os demais vermifugos que agem de forma mais genérica, para vários outros tipos; não surte efeito no oxiuros.

    ResponderExcluir